Como escolher a melhor Vela?

Será que estou usando a melhor vela para meu automodelo? Muito provavelmente, você já deve ter, ao menos alguma vez, ficado na dúvida sobre a melhor vela a ser utilizada em determinada situação.
Vamos tentar ajudá-lo a resolver este dilema publicando um quadro com as principais características das velas OS e traduzindo algumas dicas para escolha da vela feita pela própria OS Engines.

Velas OS Standard
A3
8
5
R5
Quente
Intermediária
Fria
Muito Fria
Vela quente de longa duração. Ótima para iniciantes e motores .12-. 15.
Vela de temperatura intermediária para a maioria dos 1/8 e carros e barcos com motor .12-.21.
Vela fria ideal para variações constantes de aceleração em carros 1/10 e 1/8.
Vela muito fria para corridas projetada para altas rpms e alta dosagem de nitro.
Não usar no Fazer da Kyosho
Indicação da Kyosho para o Fazer
Indicação da Kyosho para o Fazer
Velas OS Turbos
usar apenas em motores com cabeçote turbo
P3
P6
P7
P8
Ultra Quente
Quente
Intermediária
Muito Fria
Para OSTZ .18.
Para todos os motores turbos .12-.21
Vela para todas condições de temperatura do ambiente.
Vela turbo fria para alto desempenho

Dicas para a escolha correta da vela

Tipo de motor

Motores standards são os mais comuns e, normalmente, equipam todos os automodelos que já vem pronto para andar. As velas standards são sempre instaladas com uma arruela que veda o cabeçote.
Os motores turbo tem sempre o cabeçote com duas partes distintas (a haleta de refrigeração e o suporte da vela). O principal benefício das velas turbos é a performance superior. Diferentemente das velas standards, as turbos tem o “fundo” cônico que encaixa perfeitamente com o cabeçote. Isso cria um selo de compressão superior e, máxima eficiência e força. Velas turbo são a escolha de corredores que querem – e precisam – do máximo de performance.
Uma palavra de precaução: você nunca deve instalar uma vela turbo em um motor standard ou vice-versa. Ao fazer isto, os risco de danificar o motor são sérios (e caros)! Ou seja, não há como instalar velas turbos em motores com cabeçote standard: isto certamente danificará a rosca do cabeçote inutilizando tanto para uso como velas standard como turbo, e você terá que trocá-lo.
Regra 1: Saiba qual o tipo de seu motor. Motores turbo usam velas turbos; motores standard usam velas standard.

2. Cubagem

O tamanho importa para a escolha da vela. Qual o tamanho de seu motor? .12? .15? .21? Motores maiores tem mais massa e retêm calor melhor. Motores menores necessitam de calor extra de uma vela quente.
Regra 2: Quanto menor o motor, mais quente a vela.

3. Concentração de Nitrometano do Combustível

Qual o percentual de nitromentano de seu combustível. Combustíveis com alta concentração de nitro produzem mais potência que combustíveis com concentrações menores de nitro, porém produzem mais calor também.
Regra 3: Quanto maior a concentração de nitro, mais fria a vela.

4. Temperatura

Modelistas experientes têm sempre uma variedade de velas a disposição. Qual a razão?
A vela correta para seu motor pode mudar com a temperatura do ambiente. Para atingir uma alta performance, a vela escolhida por você também precisa mudar de acordo com a temperatura.
Regra 4: Quanto mais quente o dia, mais fria a vela.

5. Outros pontos a serem considerados:

Velas quentes promovem uma melhor aceleração e marcha lenta. Se seu motor não funciona “limpo” ou não acelera, uma vela mais quente poderá ajudar.
Velas frias produzem mais potência e podem melhorar a performance de seu motor se ele estiver funcionando quente. O lado ruim é que a marcha lenta fica pior e mais difícil de regular.
Aonde você anda também tem um papel a ser considerado. Se a pista ou local tem muitas curvas, uma vela quente é o indicado. Se a pista ou local tem longas retas onde você pode atingir o máximo de rpm, uma vela fria é recomendada.
A mistura de ar-combustível não afeta apenas a performance de seu motor, mas também pode ter impacto na duração de suas velas. Se você corre com o motor “gordo”, isto significa que você está usando mais combustível do que o necessário para a melhor performance do motor. Modelista são sempre advertidos para andar “gordo” durante o amaciamento do motor porque isto ajuda a mantê-lo frio. Porém, andando muito “gordo” também há o risco do motor afogar ou morrer. Mais ainda: também significa que a resistência da vela está sendo exposta a mais contaminantes que o necessário, o que encurta a vida útil da vela.
Correr com a mistura “pobre” significa que você está usando menos combustível que o necessário. Empobrecer a mistura tem um efeito positivo na performance. Contudo, é necessário cuidado aqui porque, ao empobrecer demais a mistura, você pode danificar seu motor devido ao aumento de temperatura e, também, queimar sua vela antes do tempo.

Dicas Finais:

Escolher corretamente sua vela não só melhora a performance, mas também pode aumentar a vida útil de seu motor e da própria vela. Com as regras acima e as dicas a seguir, nós estaremos a caminho de atingir estes dois objetivos.
  1. Compre velas de qualidade. Você está protegendo seu investimento.
  2. Guarde as velas em lugar seco e limpo. A poeira pode danificá-las.
  3. Faça os procedimentos corretos de amaciamento do motor.
  4. Regule seu motor com cuidado. A regulagem correta ajuda a aumentar a vida útil da vela e do motor.
  5. Nunca toque o filamento da vela. Fazendo isto você pode quebrá-lo.
  6. Certifique-se de não apertar demais sua vela. Enrosque-a até ela ficar firme apenas.
  7. Certifique-se de colocar a arruela certa entre o cabeçote e o motor. Uma vela muito próxima do pistão pode causar pré-detonação, o que rapidamente danifica a vela.

2 comentários:

  1. URC disse...:

    O conteúdo publicado em seu site fere a Lei 9.610/98 por ser de propriedade intelectual da UniversoRc Comércio de Hobbymodelismo. Solicitamos a remoção do mesmo.

  1. beto baltazar disse...:

    Olá, ótimas dicas, valew !!!!

Postar um comentário

 
Dicas de Automodelo-Truques,Dicas,Sugestões,Novidades © 2012 | Criado Por TNT, Direitos e creditos reservados ,Cópia Proibida!